23 maio, 2007

um quarto que era meu, #1

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
© 2007 (s/ reprodução de "Sitting Nude with Blue Headband"
de Egon Schiele)


coisas das paredes da minha juventude.
imagens que se levariam para uma ilha deserta.
imagens que me acompanham há muitos anos.
que perseguem. que fascinam.
que sempre me inflamam.
coisas de outros tempos.
coisas dos tempos das cartas.
das cartas derramadas para mulheres imaginárias.
vertidas por mulheres imagináveis.
mulheres tantas vezes imaginadas.
o mistério erótico como um deserto de fogo
lavrando na mais pura solidão.
o sagrado corpo feminino.
os sonhos inglórios e imberbes. as palavras feridas
de inconsciente desejo. as palavras loucas por pele.
sonhos com corpos de sonho.
costumar dizer que Schiele é o pintor preferido, mesmo
sabendo que se é algo idiota a lavrar frases assim.
sonhar com os cafés de Viena.
coisas sem explicação.

6 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

os sonhos inglórios e imberbes.




à sombra de todas as ilhas.


___________________fabulosa ilustração "de palavras".



bom dia F.



beijo.


y.

23 maio, 2007 11:49  
Blogger feniana disse...

também tenho imagens assim, que levo para todo lado, até para onde não vou.

gostei muito, francisco.

um beijo

23 maio, 2007 14:36  
Anonymous guevara disse...

schiele... coisas sem explicação.

23 maio, 2007 15:02  
Anonymous Anónimo disse...

só me apraz dizer : e nós, TODOS NUS, a correr atrás delas....

23 maio, 2007 19:51  
Blogger hfm disse...

"coisas sem explicação" que nos sedimentam. As luzes desfocadas em que nos revelamos.

24 maio, 2007 09:55  
Blogger M em Campanhã disse...

especialmente bonito

24 maio, 2007 17:52  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial