14 maio, 2006

conversa lunática

- Sabias, pai, que tenho saudades da lua?
- Saudades da lua??
- Sim, saudades da lua. Não posso?
- Mas como podes ter saudades? Alguma vez já foste à lua?
- Claro, quando estava na barriga da mãe!
- Ah!...Está bem...Eu acho que aí estavas mais no centro do
universo...
- Então, pai, ficaste impressionado por eu ter saudades da lua?
- Não, filhinha...Mas achas que estavas melhor lá na lua do que
aqui na terra?
- Não, mas tenho saudades dela.
- Eu espero é que não queiras viver no mundo da lua...
- Não, pai. Eu só quero ter saudades.
- Tudo bem. Eu também gosto da barriga da mãe.

3 Comentários:

Blogger hfm disse...

Depois da leitura ficou-me um sorriso de ternura.

15 maio, 2006 15:25  
Blogger Mendes Ferreira disse...

lindíssimo....

arraso-me. de tanta ternura!


um beijo....mesmo!

15 maio, 2006 21:43  
Blogger feniana disse...

ternura e afasia.
um bjo

16 maio, 2006 13:11  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial