14 dezembro, 2008

a roda

de W. B. Yeats
(tradução de José Agostinho Baptista)


No Inverno desejamos a Primavera,
E na Primavera invocamos o Verão,
E quando ressoam as abundantes sebes
Declaramos que o Inverno é o melhor;
Depois nada há de bom
Porque a Primavera não chegou -
Não sabemos que essa inquietude que nosso sangue perturba
É apenas a sua nostalgia do túmulo.

1 Comentários:

Blogger ~pi disse...

fazemos covas

redondas

(sem

rumo,

17 dezembro, 2008 22:14  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial