27 agosto, 2008

o mais belo dos poetas


Breve Sonata Em Sol [Um] (Menor, Claro)
de Rui Belo


A solidão da árvore sozinha
no campo do verão alentejano
é só mais solitária do que a minha
e teima ali na terra todo o ano
quando nem chuva ou vento já lhe fazem companhia
e o calor é tão triste como o é somente a alegria
Eu passo e passo muito mais que o próprio dia

5 Comentários:

Blogger hfm disse...

Belíssimo. Quanto ao "o mais belo dos poetas" não consigo saber; felizmente, para mim, há alguns.

30 agosto, 2008 10:05  
Anonymous Paulo Austero disse...

Símbolos
Símbolos? Estou farto de símbolos...
Mas dizem-me que tudo é símbolo,
Todos me dizem nada.
Quais símbolos? Sonhos. —
Que o sol seja um símbolo, está bem...
Que a lua seja um símbolo, está bem...
Que a terra seja um símbolo, está bem...
Mas quem repara no sol senão quando a chuva cessa,
E ele rompe as nuvens e aponta para trás das costas,
Para o azul do céu?
Mas quem repara na lua senão para achar
Bela a luz que ela espalha, e não bem ela?
Mas quem repara na terra, que é o que pisa?
Chama terra aos campos, às árvores, aos montes,
Por uma diminuição instintiva,
Porque o mar também é terra...
Bem, vá, que tudo isso seja símbolo...
Mas que símbolo é, não o sol, não a lua, não a terra,
Mas neste poente precoce e azulando-se
O sol entre farrapos finos de nuvens,
Enquanto a lua é já vista, mística, no outro lado,
E o que fica da luz do dia
Doura a cabeça da costureira que pára vagamente à esquina
Onde se demorava outrora com o namorado que a deixou?
Símbolos? Não quero símbolos...
Queria — pobre figura de miséria e desamparo! —
Que o namorado voltasse para a costureira

ÁLVARO DE CAMPOS

30 agosto, 2008 10:57  
Blogger Táxi Pluvioso disse...

No Alentejo cai uma folha o chão faz uma festa.

31 agosto, 2008 12:17  
Blogger isabel mendes ferreira disse...

belo. belíssimo. para sempre.













até sempre F.


enorme abraço.

31 agosto, 2008 17:48  
Blogger francisco carvalho disse...

Querida Helena,

O mais belo porque literal e realmente o único Belo. De resto, grande entre seus pares...

01 setembro, 2008 00:13  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial