14 maio, 2008

robert rauschenberg, eterna viagem

Photobucket
© 2008 (fotomontagem com palavras e obras de Robert Rauschenberg)


«Durante mais de cinco anos, aproveitei intencionalmente todas
as oportunidades que o meu trabalho me proporcionou para cha-
mar a tenção para problemas do mundo, atrocidades locais e,
nalguns casos raros, celebrar os feitos da Humanidade. Esfor-
cei-me por reunir influências com vista a fazer surgir uma rela-
ção mais realista entre o artista, a ciência e os negócios, num
mundo que ameaça aniquilar-se por uma ninharia. O progresso
não é possível sem consciência.
Desta forma, tive de me concentrar quase exclusivamente na
tristeza e de filtrar a alegria, investigar a crueldade e suspeitar
de todas as mudanças. Esta é a minha responsabilidade mas é
esgotante.
Passado algum tempo + resistência, cresceu em mim um desejo
de trabalhar num material de desperdício e macio. Uma coisa
que produzisse com a sua mensagem única uma colecção de
linhas retidas como uma piada amigável. Uma discussão silente
da sua história patenteada pelas suas novas formas. Trabalhado
comummente com felicidade. Caixas.»

(texto retirado do catálogo da exposição do Museu de Serralves.
Robert Rauschenberg, Travelling '70-'76)

2 Comentários:

Blogger Claudette Guevara disse...

Francisco, posso tomar a liberdade de 'roubar' esta imagem tão bonita e... ideal?

Obrigadinha. Bjo, Guevarette

15 maio, 2008 00:54  
Blogger francisco carvalho disse...

Podes, claro.
:)

15 maio, 2008 02:01  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial