12 dezembro, 2007

jovem em marcha

Manoel de Oliveira: um jovem a caminho dos 100 anos.
Quase toda a idade do cinema.

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
© Porto, Março 2007 (rodagem de "O Enigma" de Manoel de Oliveira)


"- Já alguma vez reflectiu demoradamente sobre o seu
lugar no cinema português e mundial?

- Eu entendo que o cinema é uma frondosa árvore e cada
realizador acrescenta uma folha.

- Tem planos para os próximos tempos?
- Tenho medo de não ter meios para filmar. Planos, se me
derem os meios, cumprirei. Já uma vez disse que gostava
de morrer a filmar.

- Já que fala da morte: preocupa-o?
- Não muito. É claro que quanto mais a idade está avançada
mais a gente se julga próximo da morte. Todavia, há pessoas
que morrem jovens, e menos jovens. Todas as idades servem
para morrer.
- O que pensa quando vai dormir?
- Morrer de insónia!"


(excerto da entrevista de Maria Bochicchio a Manoel de
Oliveira, publicada no "Expresso" de 8 de Dezembro de 2007)

1 Comentários:

Blogger hfm disse...

Quando li a frase final no Expresso até fiquei arrepiada!

12 dezembro, 2007 21:45  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial