20 outubro, 2007

uma menina gira e o sol

Ela a irromper radiosa pelo escritório, a irromper pelo meio da
tarde mansa, a luz deste outono de veraneio ateando um lume
breve na beleza dos seus cabelos finos, as mãozinhas escondidas
atrás das costas:
- Papá, tenho uma surpresa para ti!
- Ai que bom! E o que é, filhinha?
- Ta-ta-ta-tam!! - estendeu-me os braços, decidida, com um
sorriso orgulhoso a bailar-lhe nos lábios.

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
- Ah, que lindo! Que surpresa boa! Tu já estás a começar a
saber desenhar.
E ali estava a minha princesa de três anos, a olhar fixamente
para mim, num sorriso eterno, os olhos a piscar de alegria.
- E quem está aqui no desenho?, pergunto.
- É o sol e uma menina gira!
- Tu é que és a menina gira! Deixa-me dar-te um beijinho de
parabéns. Eu vou guardar este desenho muito bem guardado e
pôr aqui a data de hoje. Empresta-me uma das tuas canetas.
- Espera, pai! Falta desenhar a relva e uma estrada. Quero
fazer outro desenho. Dá-me mais folhas.
- Está bem, mas podias tentar, agora, desenhar a relva e o
o céu com outras cores.
- Eu não quero desenhar o céu, quero uma estrada.
- Está bem, princesa. Assim até é melhor, não havendo
céu, concerteza que também não haverá chuva...
Saiu, toda despachada, e voltou dali a pouco, os olhos a trans-
bordar de puríssimo contentamento.
- Está aqui outra surpresa para ti, pai!

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
- Ai, é? Outra?
- Mais um sol e uma rapariga fixe!
- Uau! Uma rapariga fixe e gira! Está tão engraçado! E a relva
tão verdinha. Deve estar a ser regada com muito carinho todos
os dias... Pronto, também vou guardar este desenho.
- Mas eu esqueci-me duma coisa, pai! Esqueci-me de fazer a
estrada!
- Está bem assim, filha. Com relva nem sequer se precisa de
estrada. Deixa lá, assim é que o desenho está perfeitinho.
- Então, vou fazer outro!
Uns minutos depois lá estava ela outra vez, agora já sem
esconder as mãos para anunciar a feliz surpresa.

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
- E o que é agora o desenho, filha?
- Agora és tu, a relva, mais o sol. E aqui são as paredes. Achas
que estás bonito?
- Sim, estou muito jeitoso! E isto aqui à volta parece mesmo
uma moldura.
- Mas são as paredes. E aqui, já estava a esquecer-me, está a
estrada. - disse, apontando para um único traço roxo na hori-
zontal, solto, no fundo da folha.
- Está bem, assim fico com uma estrada para levar a bicicleta
até ao jardim. Deixa-me dar-te mais um beijinho. A escolinha
está a fazer-te muito bem, já estás a aprender a desenhar
pequenas historinhas. Eu vou fazer uma colecção dos teus
desenhos.
- Ó pai, e depois vais pô-los aí no computador?
- Como adivinhaste tu, menina esperta?!

10 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

e vou "roubar todos" vou e vou"...
prontoS.




________________porque sim. porque são irresistíveis!


beijos aos dois.y.

20 outubro, 2007 09:36  
Blogger PostScriptum disse...

Há por aqui um mundo de encantamento. Vou linká-lo com a sua permissão.
Abraço

20 outubro, 2007 10:48  
Blogger un dress disse...

...e depois já não se sabia

se o sOl era a menina

ou se era a menina o sOl

ou se era

a menina dos olhos

hera...


:)

20 outubro, 2007 11:30  
Blogger Carla de Elsinore disse...

:)

20 outubro, 2007 14:52  
Blogger Pinky disse...

Já te conhece "os vícios" , Francisco!
Mas nós agradecemos a postagem dos desenhos e destas belas histórias!
Ah, e não sei se já viste o mail...
Beijos

21 outubro, 2007 23:15  
Anonymous Anónimo disse...

Também quero um!!!!
que lindos desenhos!
parabéns à princesa bonita!!
beijinho
joana

22 outubro, 2007 00:26  
Blogger Silvia Chueire disse...

é mesmo um encanto. e um privilégio.

abraços,
silvia

12 novembro, 2007 12:52  
Blogger bettips disse...

Vinha de cima, sabia que tinha passado aqui. Onde as crianças escrevem tudo e fazem perguntas. Desassossegadas. Abç

20 novembro, 2007 17:01  
Anonymous Anónimo disse...

que faculdade vc cursa??
desde ja obrigado pela resposta!!!
bijinnn...

14 outubro, 2008 19:18  
Blogger francisco carvalho disse...

E porquê tão estranha pergunta?
Já não curso, cara anónima, já não curso...Cursei, há muito tempo que cursei, ou melhor, que descursei...
Mas prefiro não dizer mais aqui, posso responder-lhe por mail se quiser.
De resto, obrigado eu.

Beijinhos

15 outubro, 2008 23:54  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial