11 agosto, 2007

comelade para navegantes deste meu perdido mar



Tenho dez discos de Pascal Comelade. Vou levá-los todos
para a tal ilha deserta que todos almejamos.

Eu que nada sei dançar, tenho um incorrigível gosto por bailes
de província, por ambientes chungosamente sublimes, por
amores falhados e noites (cl)amorosamente decadentes.
Eu que nada sei tocar, há músicos que me levam sempre à
beira das lágrimas. Comelade é um deles. Gosta do que eu gosto.
Gosto do que ele gosta. Gosto como ele gosta. A arte a brincar.
A arte de brincar. Comelade é um dos meus maiores. O grande
"pianonanista".

(acho que estou a fazer confissões a mais. não sei se devia.)

8 Comentários:

Blogger isabel mendes ferreira disse...

e eu sei que não sou desta "ilha"...:))))mas acho a escolha acertada...

eu sei que a música pode ser lágrima...


bom diA F.

_________________

12 agosto, 2007 10:19  
Blogger isabel mendes ferreira disse...

P.S. tentei enviar mail mas veio devolvido...:(((


________________.

12 agosto, 2007 10:36  
Blogger francisco carvalho disse...

De novo? Como é possível?
Isa, mandou para francisjcarvalho@gmail.com ?

Diga-me, por favor.

Beijos

12 agosto, 2007 12:37  
Anonymous Anónimo disse...

não...desta vez enviei para o outro....

:(((((


beijo.


y.

12 agosto, 2007 13:48  
Blogger Inês Leitão disse...

as confssões são sempre importantes.
Eis um blog bom de se ler :)

14 agosto, 2007 20:04  
Blogger francisco carvalho disse...

Obrigado, Inês.
Espero que continues a gostar de vir por aqui.

15 agosto, 2007 14:18  
Blogger luz branca disse...

Gosto mesmo deste blog!!!
Gostei muito da música. Obrigada. não conhecia.
Vou aprender muito por aqui::) a leitura e a música são dois dos meus grandes interesses

30 agosto, 2007 03:22  
Anonymous Anónimo disse...

claro que esta não seria possível sem a magnificiente mágica quente e poderosa p.j.
de qualquer forma - touché

07 setembro, 2007 01:40  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial