08 novembro, 2005

seu jorge a cru

Image hosted by Photobucket.com
© 2005

* "(...) No outro dia fui desfilar no São Paulo Fashion Week. Era
a abertura do evento, com um monte de câmaras e jornalistas
à minha volta. Fui notícia em todas as entradas da Globo. Sabia
que na minha comunidade estavam a ver e a sentir o maior
orgulho em mim. Mas, quando vou lá, visitar aquele povo, não
é se estou namorando a modelo ou se ganho muito que querem
saber. Sabe que é que me perguntam? "Seu pai está bem?"; "e
tua mãe, está morando onde?"; "e seu irmão casou?"; "e você,
está morando na zona Sul a troco de quê?" É assim! Porque ali,
você é apenas uma pessoa que está trabalhando. Posso ganhar
dinheiro, ficar rico e até famoso no mundo inteiro, mas nunca
vou deixar de ser suburbano. Não tem como!
É mais uma fatalidade?
Não. De maneira alguma. Esses valores de um certo deslumbre,
que a dado momento também posso ter sentido, perdi-os quando
perdi os meus complexos. E quando se desmontam os complexos,
quando se perdem os sentimentos de inferioridade, aí você já
pode vestir um terno sem sentir culpa."

* Entrevista de Ana Soromenho a Seu Jorge, publicada a 17 de
Setembro na revista Única do jornal Expresso.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial