05 novembro, 2005

eu sou favela

Image hosted by Photobucket.com
© 2005

Valeu mesmo a pena.
Foi comovente assistir a este concerto na mais opulenta das salas
(uma plateia linda e também muito burguesa), ao triunfo de um
homem digno e humilde que ainda há alguns anos dormia na rua.
Foi bonito participar desta espécie de redenção.
Toda a gente a poder comungar da ideia que a favela é um
problema social.
Seu Jorge.
Esse negro curtido. Esse artista autêntico. Gente fina.

Noite de celebração do samba.
Música popular por excelência.
A música da favela a encher a casa da música.
Favela chique.

2 Comentários:

Blogger MOLOI LORASAI disse...

como dizem, frequentemente, os lisboetas: é a vida!

05 novembro, 2005 09:13  
Anonymous Mimi disse...

Desde que descobri o SEU que ando fascinada com a personagem! Foi das mais estimulantes descobertas dos últimos tempos - como a favela também pode ser tão fascinantemente sofisticada!!

10 novembro, 2005 20:08  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial