02 agosto, 2005

Poema-Expresso

a eterna heresia:

nenhum futuro para ti.
(nem pecado nem culpa)


cavalgada louca
sobre jardins de cristal.
viagem entre viagens,
comboio fantasma
a bordo de todos
os meus medos.
poética circular.
minha partida alegria.
minha dor sem frio.
circular no poema.
circo no ar como lema.
música que arde
depois do fim.
sonho arqueo
lógico do futuro.
banda sonora de mim.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial