24 março, 2009

post desconstrutivo*

"— E tu tens lábio a mais — disse Grace—, faz-te a cara torta."

"Outros pedaços maiores são comidos ao almoço."

"Acolhe-te a uns olhos, jovens só,
e com eles descobre o mundo que perdeste."

"Nos tempos antigos, a emulsão não era lá muito boa, por isso
havia menos informação no ecrã."

"Com efeito, nos filmes de Hitchcock, também encontramos
motivos visuais, ou de outro tipo, que se impõem através
de uma compulsão estranha e que se repetem de filme para
filme, em contextos narrativos totalmente diferentes."


*E cá estou, Ângela, a subverter as regras, a não seguir, uma vez
mais, a corrente como mandariam exactamente as modas...
De qualquer modo, gostei bastante do desafio. Foi com prazer
que meti as mãos nos livros espalhados pelos quatro cantos do
escritório mais desordenado do mundo, à procura da famigerada
página 161...
Escolhi então assim, não um mas cinco dos meus livros mais à mão.
Livros tanto recém-começados como livros nunca mais acabados,
ou ainda livros lentamente degustados.
Podiam ser dois ou três mais, mas ou não gostei da quinta frase
calhada em sorte, ou o livro nem sequer tinha a página requerida.
Poesia, ensaio e romance. Para a frente e para trás. O já lido e o
puramente desconhecido. Prazeirentos passeios por caminhos já
palmilhados ou uma espécie de saltos supersónicos para o futuro...

Hoje não vou dizer a que obras pertencem tais quintas frases.
Tentarei fazê-lo o mais breve possível. Ficam aqui como que a
marinar.
Até lá, quem sabe, podem divertir-se a tentar adivinhar...
;)

1 Comentários:

Blogger angela disse...

gosto destas tuas cinco frases subvertidas, encontradas no escritório mais desarrumado do mundo :)
gosto de ficar curiosa a tentar adivinhar :)

25 março, 2009 11:32  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial