17 janeiro, 2009

Chegada

de William Carlos Williams

(tradução de José Agostinho Baptista)


E, todavia, chegas
dás por ti a desatar-lhe
o vestido
em alheios aposentos -
sentes que o outono
deixa cair as suas folhas de seda e linho
junto aos seus tornozelos.
Falso é o brilho do corpo que emerge
e se contorce
como o vento do inverno...!

1 Comentários:

Blogger isabel mendes ferreira disse...

de todas as chegadas!



da primeira á única!



.

belo .


F.

17 janeiro, 2009 22:45  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial