03 março, 2008

um gato para llansol, o secreto sol da nossa língua

Photobucket
© 2008 (s/ fotografia original de António Pedro Ferreira)
In Memoriam
Maria Gabriela Llansol, 1931-2008

6 Comentários:

Blogger MOLOI LORASAI disse...

Por que escreve?
Não há um porquê. Há uma afirmação. Eu só posso dizer "eu escrevo".

E por que é que não pode dizer "porquê"?
Porque se eu respondesse 'porquê' criava uma relação de causa e efeito.
Ora, eu não sinto em mim o porquê de escrever, como eu não sinto em mim o porquê de beber ou o porquê de olhar. Há a constatação de uma realidade: e nasci constitutivamente assim, escrevendo."

Maria Gabriela Llansol
in Jornal de Notícias
(14 de Julho de 1991)

04 março, 2008 00:10  
Blogger francisco carvalho disse...

Obrigado, Moloi.

(eu sei que o que vou dizer agora tem um tom demasiado grandiloquente, mas podíamos todos ficar a citar Llansol, sempre com espanto, pela eternidade fora...)

abraço

04 março, 2008 00:24  
Blogger isabel mendes ferreira disse...

.curvo-me.

04 março, 2008 00:59  
Blogger alice disse...

o poema que o moloi citou é uma ilustração belíssima da fotografia do francisco. neste dia que sucede à perda irreparável que nos atingiu a todos, amantes das palavras. um beijo a ambos.

04 março, 2008 10:23  
Blogger un dress disse...

, língua de ser sangue

língua de ser ar ,

04 março, 2008 13:33  
Blogger hfm disse...

E vão-nos deixando a pouco e pouco.

04 março, 2008 18:27  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial