04 fevereiro, 2008

Carnaval no Rio, 1937

Paulo da Portela, há exactos 71 anos, era eleito pelos cariocas
cidadão-samba e decretava assim na sua tomada de posse:

"Art. 1º - Ficam suspensos todos os pagamentos de pensões,
lavadeiras, senhorios e todos os 'cadáveres'.
Art. 2º - Os patrões dos empregados que forem despedidos
por estarem a serviço do Cidadão-Samba ficarão sujeitos a
multa de 500$000 a 1.000$000, o que será escriturado nos
livros de ouro das referidas escolas às quais pertençam.
Art. 3º - As prestações ficam na obrigação de fornecer todas
as fazendas necessárias à indumentária dos carnavalescos
durante os folguedos da República do Samba, sob a condição
de receberem como sinal apenas 1% do valor da respectiva
compra.
Art. 4º - As patroas ficarão na incumbência de tomar o lugar
de suas empregadas, para melhor brilhantismo das festas de
loucura.
Art. 5º - Todo cidadão encontrado nas ruas e que não esteja
completamente embriagado pela alegria, sujeitar-se-á à pena
de cinco dias de prisão na Praça Onze, na balança, numa roda
de batucada, a fim de compreender as delícias do samba.
Art. 6º - Todos os aristocratas desta democratíssima República
são condenados, sumariamente, a aderir ao meu governo, a fim
de compreender que o samba é feito de pedaços d'alma, cintila-
ções do cérebro, muito amor e grande dose de amor pátrio.
Art. 7º - Durante minha administração, os bebês ficam incubidos
de se defenderem com suas mamadeiras, enquanto as amas caem
no pagode rasgado.
Art. 8º - Todo aquele que, por atraso mental ou mal fingida hipo-
crisia, não queira concordar com o absoluto domínio do samba,
deve ir se 'desguiando' de fininho para não ser considerado des-
mancha prazer."

(retirado de "Carnavais de Guerra" da autoria de Dulce Tupy)

1 Comentários:

Anonymous ostara disse...

tenhoum carnaval que se chama "nu plural" curiosamente na net nu plural quer dizer loucos com alucinogeneos ( nem sei se está bem escrito ma escrito é como está)... dimensões que se atingem por força de todos tentramos parar o aquecimento global ... ou melhor dito sermos idosos de anos perdidos e quem domina hoje as musicas imported ans acessible for all mp3 and 4 around the house é o meu filho.....e isso resulta no finzinho de tudo ( e os olhares prolongados tipo sei quem tu és mas não te digo - e eu já te topei mas faço bem o papel de inocente) moi a fais des choses interessantes e des personagens para continuar a tragédia humana fabulosa fantástica hiperclimax comovente e glacial
beijo para a outra dimensão perdida de mim ( a última coisa que me ocupou foi fazer a minha cronologia e anos oitenta ---- é um privilégio fazer parte !

05 fevereiro, 2008 01:11  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial