20 novembro, 2007

cidade mutante

A cidade outonal.
A cidade que envelheceu mal.
A cidade invicta mas moribunda.
Porto de desabrigados.

Contudo, ela move-se.
(comove-me.)

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
© Porto, Novembro 2007



Uma cidade a morrer é sempre um espaço mutante.
Gesta oblíqua.
Corpos, desejos, vontades, sonhos transmutáveis.
Secreta força.
Lutemos.
Dancemos sobre o chão puro da nossa alegria.
Aplaudamos a ousadia, a coragem dos que abrem caminho.
Uma cidade a morrer é sempre uma cidade a renascer.
Isso, dancemos.
Força, puxemos pelo seu ritmo...

2 Comentários:

Blogger Claudette Guevara disse...

puxemos pelo seu ritmo!

:D
por todas as cidades
mortas, moribundas
e os seu espaços
cantos

e desencantos...

Dancemos. é hora!

21 novembro, 2007 01:39  
Blogger hora tardia disse...

surprendida.


pela ida.



agradecida.




bjj.

23 novembro, 2007 08:57  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial