08 junho, 2007

do encantador de palavras manoel de barros

"Depende a criatura para ter grandeza da sua infinita deserção.
A gente é cria de frases!
Escrever é cheio de casca e de pérola.
Ai desde gema sou borra.
Alegria é apanhar caracóis nas paredes bichadas!
Coisa que não faz nome para explicar.
Como a luz que vegeta na roupa do pássaro."

1 Comentários:

Blogger hfm disse...

Perfeita definição de Manuel de Barros!

10 junho, 2007 13:21  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial