27 fevereiro, 2007

a sustentável beleza do ver

Photobucket - Video and Image Hosting
© 2007 (Cooperativa Àrvore, exposição de Nuno Gandra, pintura
intitulada "LEVEZA")


"Desejo deter o momento. Interrompê-lo. A suspensão determi-
nante do curso das coisas, do curso do tempo. Tudo acontece e é
tão bom. Há bastante espaço nos quadros de Nuno Gandra, pode-
rão as figuras deles sair?"

(excerto do texto de Joana Rêgo, publicado no catálogo da exposição)

3 Comentários:

Blogger Poesia Portuguesa disse...

Porque a beleza sente-se, revê-se num olhar, no fio do pensamento que segue o momento que é contemplada...

Um abraço e grata pela partilha.

27 fevereiro, 2007 02:02  
Blogger alice disse...

apetece dizer: bom dia, beleza. folgo em ver a menina poesia por aqui. uma amiga muito querida. um beijinho, francisco. no plural.

27 fevereiro, 2007 11:55  
Anonymous Anónimo disse...

Estou a ver que ja foste espreitar a exposição do Nuno Gandra...
adorei o título.." a sustentável beleza do ver" ..mas já seria de esperar ....
beijinho Francisco e obrigada

27 fevereiro, 2007 22:30  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial