13 dezembro, 2006

ladrão de sons mas guardador de sonhos

na espuma destes dias é tempo de me calar um pouco, pois
por silêncios também me digo. é tempo de furtar os excitan-
tes sons da noite, apanhar um nocturno táxi e, sintonizado na
minha doida rádio mistério, partir para um distante e exótico
país. divertir-me nos braços viciosos da lua, talvez aprender a
dançar. mesmo não tendo a agilidade do tigre, tenho a alma que
se inventa crioula.
na florescente alvorada, suavemente vencido pelo sono, deixar-
-me então cair exausto sobre a praia recôncava. que o mar venha
depois lamber meu corpo e que o alvoroçado canto dos pássaros
sublinhe meu feliz e sonhador sorriso.

5 Comentários:

Blogger Mendes Ferreira disse...

... ...como eu... ...

que tanto já parti. e regressei.


____________

guardo este som.
roubo este sonho.

bom dia. Francisco.

13 dezembro, 2006 08:16  
Blogger hfm disse...

do título ao texto - que maravilha!

13 dezembro, 2006 09:26  
Blogger sleep well disse...

como de costume: belas palavras e música que não sou capaz de ouvir!
Bah :(

13 dezembro, 2006 15:47  
Blogger francisco carvalho disse...

Oh, minha querida sleep well, temos que resolver este problema!
:(

aviso que esta música parece, especialmente, demorar a arrancar porque começa baixinho, baixinho...começa primeiro por sons de pássaros...

14 dezembro, 2006 01:13  
Blogger [ t ] disse...

Rádio louca, esta. :)
Gostei tanto da imagem 'que o mar venha depois lamber meu corpo'.
(obrigada)

baci!

15 dezembro, 2006 12:48  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial