31 outubro, 2006

deus vivo

Photobucket - Video and Image Hosting
© Porto, Outubro 2006

A vida vale por noites assim. Noites como que sopradas por
doces arcanjos, com todas as coisas a parecerem roçar a per-
feição. Não pedíriamos nem mais nem menos.
Calor na rua, calor na sala. A cidade com um morno sabor a
trópicos. Verão no Outono.
Gente bonita. Mulheres muito belas, mulheres lindas de todas
as idades. Gerações várias a cruzarem-se no mesmo local, a
comungarem o mesmo espírito de festa, a partilharem o mesmo
amor por essa música de pura expressão popular, por essas
canções que nos cativam, moldam, alimentam, definem há já
mais de quarenta anos.
A celebração de um deus vivo. A presença humaníssima de um
homem incomum. Uma voz que seguimos e amamos, ao longo de
todos estes anos, sempre como se fosse a primeira vez, nós os
amantes da língua portuguesa. Um homem na verdadeira e plena
flor da idade: um homem como árvore madura.

Uma sala rendida. Um coliseu seu.
Esse palco. Nosso porto de emoções.

4 Comentários:

Anonymous lee yutao disse...

Lennon and Marley. Gods usually die until the age of 40.

31 outubro, 2006 16:00  
Blogger feniana disse...

como gostaria de ter ido.
mas, por aqui, foi como se lá tivesse estado.

31 outubro, 2006 18:03  
Blogger Ana disse...

"Gerações várias a cruzarem-se no mesmo local, a comungarem o mesmo espírito de festa"

Foi o que mais me enterneceu:)

(Parabéns por este sítio tão bonito)

02 novembro, 2006 18:38  
Blogger francisco carvalho disse...

Obrigado Ana, pela visita e pelas simpáticas palavras. Volte sempre.

03 novembro, 2006 16:32  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial