09 janeiro, 2006

no lugar do morto

Havia muitos dias que, por desleixo, trazia no carro uma revista
aberta numa foto, de página inteira, do imbecil do Bush. Até que:
- Pai, parece que andas sempre com esse homem a teu lado!
- Quem?!...Ah, essa besta do Bush...
- Disseste besta, pai?? Isso é asneira!
- Pois é, filha, desculpa...Se calhar ele até quer ser o meu anjo da
guarda...
- Ele parece é que está a fazer cara de parvo.
- Ele tem mesmo cara de parvo! Quando chegarmos a casa, eu
dou-te a revista para desenhares em cima dele, um bigode, umas
orelhas de burro e um nariz de palhaço.
- Tens que me emprestar a tua caneta vermelha! Como é que
disseste que ele se chamava?
- B-U-S-H-H...
- Bruxo??
- Não, quase... é mais assim: B-R-U-X-E!
- Isso é em inglês ou em brasileiro?

1 Comentários:

Anonymous guevara disse...

no lugar do morto... que pena ser ironia!

09 janeiro, 2006 18:35  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial