04 outubro, 2005

pedra

pedra.
silêncio que rumina.
medra.

pedra, outra vez. silente.
mundo chão.
pedras as palavras. não
meças.
ergue-as,
mesmo errante
a mão.

terra. esquife.
poema patife.
meu doce lar,
meu mal.
lucky-boy
a fugir do xerife.

esquivo epitáfio.
equívoco sábio.
a minha conta-doente.
umbigo que não sigo.

digo: um bigo
a lâmina doce do lábio
flor de que perigo.

e depois merda.
fim sem castigo.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial