11 março, 2011

inventor do mundo

Mais morta de sono do que acordada, ajudei-a, já debaixo dos
lençóis, a vestir o pijaminha de flanela. Inesperadamente,
ergue o pescoço e atira-me a matar:
— Papá, quem inventou o mundo?
— Quem inventou o mundo, ora essa... eu não sei bem, mas há
muita gente que diz e que acredita que foi deus.
— E quem inventou deus?
— Ah! Essa é a rainha das perguntas! Quem é que tu achas que
terá inventado deus?
— Foram os pais dele. A mãe e o pai dele.
— Isso também é uma óptima resposta. Ficamos é sem saber quem
inventou os pais dos pais dele. Mas agora também são horas de
dormir, noutro dia podemos falar melhor disso. Dorme bem, meu
amor. Tem bons sonhos.
— Boa noite, pai.
— Boa noite, linda. Mas diz-me só uma coisinha, tu estavas já
quase a dormir, como é que foste a estas horas lembrar-te de
pensar no inventor do mundo?
— Eu estava a pensar em quem inventou termos de lavar as mãos.

7 Comentários:

Blogger raquel disse...

Que diálogo delicioso :) O melhor do mundo são mesmo as crianças ;)

11 março, 2011 23:21  
Blogger alice disse...

uma invenção prodigiosa, a da inocência!

11 março, 2011 23:47  
Blogger claudette guevara disse...

Soberbo.

15 março, 2011 18:56  
Blogger Filipa Júlio disse...

a Mafaldinha não diria melhor : )

17 março, 2011 13:32  
Blogger francisco carvalho disse...

Obrigado, meninas!

17 março, 2011 22:03  
Blogger António Reis disse...

brilhantes conversas de meninas com um pai assim.
Abraço

18 março, 2011 19:56  
Blogger Laura Ferreira disse...

Que lindo...

10 maio, 2011 17:57  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial