25 novembro, 2008

tisana nº 69, de Ana Hatherly

. a história é infinita. podemos interceptá-la em qualquer ponto.
era uma vez uma cidade onde os habitantes sabiam tanto do
sofrimento humano que quando acordavam deitavam-se logo.

2 Comentários:

Anonymous paulo austero disse...

grande bobagem inspirada na síndrome da depressão!

25 novembro, 2008 22:23  
OpenID springhasasister disse...

wow! é lindo! A Hatherly é a maior!!

26 novembro, 2008 09:09  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial