11 janeiro, 2007

olhar metonímico ou umbiguismo?

Ontem, poucos minutos passavam das quatro da tarde, o rádio
do carro sintonizado, por inércia, na TSF. Ia eu a ouvir, mais ou
menos distraído, as notícias do dia, concluídas com o rotineiro e
breve boletim metereológico. O locutor começa, insolitamente,
por afirmar que está um dia cinzento e chuvoso. Aonde?
Segue dizendo que estão 12ºC em Lisboa, 13 ou 14 em Faro, não
recordo agora bem, e depois diz que estão 18º no Porto. Até aí
tudo bem, estava, de facto, um caloroso dia de Inverno, mas não
seria também de estranhar um pouco que no Porto estivessem
mais 6º C que em Lisboa? Finalizou então o radialista, voltando a
carregar na tecla do dia cinzento e chuvoso, fazendo a ponte para
falar do trânsito lisboeta. Só se esqueceu de dizer que por aqui,
nesta longínqua terra a norte, estava um dia radioso e nada, mas
nada cinzento, e muito menos chuvoso. A cidade despedia-se an-
tes, de um luminoso céu azul, embelezado aqui e ali, por uma ou
outra nuvem meio adormecida.
Será que quem olha o céu de Lisboa, vê o céu sobre todo o país?
O dom da ubiquidade? Ou sim, reflexos de um olhar umbiguista?
Isto não é apenas um exemplo de excepção, estas coisas, em ou-
tras ocasiões ou circunstâncias, e aos mais diversos níveis, acon-
tecem por sistema, quase nunca por distracção.
Devíamos ser todos a lamentá-lo.

8 Comentários:

Blogger chi kung for beautiful ladies disse...

o resto é paisagem!

11 janeiro, 2007 09:00  
Blogger chi kung for beautiful ladies disse...

O céu do Porto está cinzento. Diria até que este é o seu estado natural - carregado, sombrio, cor de chumbo. Sempre a ameaçar que lhe caiam as lágrimas.
Mesmo assim, de vez em quando, há um Pássaro Azul que atravessa o manto de remendos de nuvens. Traz um raio de luz, um calor reconfortante, uma brisa com cheiro a primavera.

Patrícia Nogueira

11 janeiro, 2007 09:13  
Blogger MOLOI LORASAI disse...

só quem viveu 22 anos em Portugal e agora vive no Brasil sabe que Portugal é a ilha de Avalon.
Deixa-te de tretas, ó Francisco...

11 janeiro, 2007 09:15  
Blogger hfm disse...

...a falta de rigor que nos caracteriza para lá do que sentimos.

11 janeiro, 2007 13:47  
Blogger Y. disse...

e b quem manda o "menino" andar a ouvir umbiguismos radiofónicos????


_____________

mas hoje o sol brilha. grita.



:))))


beijo.

11 janeiro, 2007 14:38  
Blogger D em Coimbra B disse...

Lembro-me, na mesma TSF, aquando das cheias recentes no país, que um gajo iniciou uma notícia dizendo que a chuva começou em Lisboa e, depois, estendeu-se a todo o Portugal.
Espero que se tenha molhado e constipado...

11 janeiro, 2007 23:52  
Blogger Eduarda disse...

Por essas e por outras ( e outra) é que eu acho que devias ouvir a Antena 1.


Beijos

13 janeiro, 2007 21:28  
Blogger M em Campanhã disse...

em rádio essa é conversa inútil de sempre (mesmo que ele fdissesse o tempo do Porto ficava por dizer Évora, o micro-clima de Troia, as terras frias de Bragança). é o ruído no estado puro.

por isso me fascinaram as rádios / os homens da rádio com voto de silêncio e as das conversas minimais, essenciais: rui morrison, antónio sérgio, a rádio delírio, a X-FM. ah, saudade.

15 janeiro, 2007 08:32  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial