14 dezembro, 2005

não o disse ontem, mas digo hoje

puta-que-o-pariu.
(não o podia calar. foi justamente assim, sem meias-palavras,
que o senti, quando ouvi a notícia logo pela manhã.)
esse ex-austríaco exterminador.
nunca lhe devem ter contado histórias quando era criança.
e parece que na terra dos filmes, só mesmo nos filmes um
homem poderá aspirar à redenção.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial