15 outubro, 2005

agora que o furacão enfim levou o verão

e voltaram de mansinho os primeiros friozinhos outonais,
já me chegam também as saudades do riso excitado
das crianças na praia, suas alegrias fáceis e imortais,
o voo tresloucado das gaivotas invejosas da felicidade
dos homens, a brisa perfumada pela esteva,
o sabor sumarento das ociosas manhãs,
o mar ali mesmo à mão, como um deus à nossa mercê.

Image hosted by Photobucket.com
© 2005

3 Comentários:

Anonymous guevara disse...

=)

15 outubro, 2005 13:10  
Blogger Eduarda disse...

Tão lindo! Tu!

15 outubro, 2005 15:02  
Anonymous Anónimo disse...

que lindo o texto!

29 setembro, 2009 16:51  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial