19 maio, 2005

Chove no mundo inteiro

Image hosting by Photobucket
© 2005

É nisso que penso, quando olho para estas fotos, deste artista que tanto amo.
Estes céus de apocalipse.
A nossa pele virada do avesso.
Nua perante o mundo.
E também a perene fragilidade do amor.

2 Comentários:

Blogger C. disse...

a exposição é formidável, não é?




e também gosto muito das tuas fotografias :)

19 maio, 2005 14:21  
Blogger paulo moura disse...

Um dia de 1995 em Coimbra abri ao acaso um livro onde estava escrito este texto da autoria do Paulo Nozolino:
"Não sou turista em Portugal. Sei desde criança que o sol brilha quase todo o ano, que o mar é azul, que se come bem e que as pessoas são simpáticas e acolhedoras. Sei desde jovem que tudo isto não chega para mim."
A frase ficou-me marcada e repetidamente me vem à cabeça.
7 anos mais tarde, conversava com o Paulo Nozolino sobre esta sua frase e este mesmo livro aberto na página 50.

O livro chama-se:
"Terras do Norte"

Parabéns Francisco pela forma como olhas e sentes o Mundo.

19 maio, 2005 19:00  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial