02 julho, 2015

Um veleiro como repentino
verso no horizonte.
As crianças minhas brincam
no areal — serão sal ou sol
de mim?


Porto, 2 julho 2015

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial